As Duas Casas de Israel

As Duas Casas de Israel! IMPERDÍVEL…

Neste artigo vamos tratar sobre mais um assunto que é completamente ignorado pela maioria da cristandade, mesmo estando abundantemente sendo tratado nas Escrituras. E é um assunto tão importante, que posso afirmar, sem sombra de dúvidas, que o entendimento das profecias do fim e do livro de Apocalipse DEPENDEM do entendimento deste tema.

Fui despertada sobre AS DUAS CASAS DE ISRAEL no canal de um irmão que respeito muito. Seu nome é Luiz Shimoyama e mora no Japão. Ele é jovem, mas nunca vi alguém ser tão dedicado em entender a Palavra de forma tão minuciosa como ele. Não concordo com algumas coisas que ele ensina em seu canal, mas encontro respaldo na Palavra na maioria dos seus estudos.

Como sempre faço quando me deparo com estudos na internet ou fora dela, vou pesquisar por mim mesma na Palavra. E fiquei encantada como este assunto está lá, tão lindamente claro, e melhor, casando perfeitamente com meu estudo sobre as Três Sementes (se ainda não conhece CLIQUE AQUI).

Então vamos começar. Leiam este artigo com atenção. Não sei ainda quantos artigos serão necessários para que o assunto fique bem explicado, mas tenham paciência e continuem voltando até eu concluí-lo. Com certeza vocês ficarão encantados como eu fiquei!

Este não é um NOVO ensino, pois foi tratado pelos apóstolos e praticamente todos os profetas. E foi anunciado, caro leitor, desde Abraão. Reconheço que não está anunciado de forma clara nas cartas de Paulo, mas vocês enxergarão que é um dos assuntos principais de suas epístolas.

O que vai ser tratado neste estudo não é nada mais do que as promessas feitas a Abraão, Isaque e Jacó. Promessas essas que cansamos de ler mas não prestamos atenção. Vamos ver resumidamente como Deus planejou a salvação de Judeus e Gentios.

No começo da explicação você não vai conectar de imediato os pontos, mas a medida que eu for discorrendo o assunto irá ficando mais claro. Eu, neste artigo, estarei apenas fazendo um resumo, pois o entendimento se completará de fato, quando você assistir os DOIS VÍDEOS que estão no final deste artigo. São primordiais para completar o estudo em seu coração. NÃO DEIXE DE VÊ-LOS, ok?

Após entender sobre As Duas Casas de Israel, vocês sentirão vontade de ler toda a Bíblia, pois passarão a ter o entendimento tão ampliado, que uma nova leitura da Palavra se fará necessário, pois vários pontos não entendidos passarão a fazer todo sentido.

Veremos que Deus desenvolveu um plano maravilhoso para salvação dos Gentios, onde eles são encaixados maravilhosamente e chamados de Casa de Israel, de maneira que você vai ler profecias no Antigo Testamento que estão falando da Casa de Israel, mas incluído aí também os gentios.. e poucos sabem disso.

Leia este estudo até o final e vejam também os vídeos. Não deixem de deixar os comentários abaixo, ok? Então, vamos lá, bem lentamente.

O QUE SÃO AS DUAS CASAS DE ISRAEL?

Veja abaixo o Mapa de Israel e a Divisão das Tribos:

Com a Conquista da Terra Prometida (Canaã) por Josué, os israelitas dividiram o território entre as 12 Tribos de Israel, formando uma única Nação, (ou Casa), tendo o REINO UNIDO, governada por apenas 1 rei. Apenas 3 reis governaram as 12 tribos unificadas: Saul, David e Salomão.

Anos depois, o rei Salomão cometeu graves pecados, e por isso, o Reino de Israel foi dividido em dois. Inicia-se então as DUAS CASAS DE ISRAEL, que são as 10 Tribos do Norte, lideradas por Jeroboão, da tribo de Efraim.. formando assim a chamada CASA DE ISRAEL)…. E as 2 Tribos do Sul, lideradas pelo filho do rei Salomão, Roboão.. formando assim a chamada CASA DE JUDÁ).

Mais tarde, a CASA DE ISRAEL (Norte, 10 Tribos) foi invadida pelos Assírios, sendo ESPALHADOS PELO MUNDO, ficando apenas alguns em Israel, que se misturaram, dando origem ao povo Samaritano.

Tempos depois, a CASA DE JUDÁ (Sul, 2 Tribos) foi levada cativa para a Babilônia, ficando no EXÍLIO durante 70 anos, retornando à sua terra depois disso e permanecendo até a chegada do Messias!

Após tudo isso, haverá uma RESTAURAÇÃO DAS DUAS CASAS (12 TRIBOS) as quais terão Jesus como o CABEÇA! A intenção de Deus é reunir as duas Casas e praticamente todos os profetas falaram sobre as duas.

Entre as 12 Tribos de Israel, você sabe quem recebeu a BÊNÇÃO da primogenitura?

Não foi Rubén, o filho mais velho, que recebeu a benção da primogenitura entre as 12 tribos de Israel. Então quem recebeu? Assim como aconteceu com Isaque (que era mais novo que Ismael), e com Jacó/Israel (que era mais novo que Esaú, embora gêmeos), assim também ocorreu com aquele que recebeu a bênção de ser o Primogênito entre as chamadas Doze Tribos. Esse abençoado nasceu no Egito e era o filho mais novo de uma egípcia! Seu nome é EFRAIN, filho de José. Veja o texto:

“Quanto aos filhos de Rúben, o primogênito de Israel (pois ele era o primogênito; mas porque profanara a cama de seu pai, deu-se a sua primogenitura aos filhos de José, filho de Israel; de modo que não foi contado, na genealogia da primogenitura, (porque Judá foi poderoso entre seus irmãos, e dele veio o soberano; porém a primogenitura foi de José).” (1 Crônicas 5:1,2)

Então, não perca essa informação de vista: a Primogenitura entre os 12 irmãos fica com JOSÉ. Não foi à toa que José era o filho mais querido de seu pai. Afinal, ele era o filho primogênito de Raquel, aquela a qual desde o princípio ele amava e a desejava como esposa, e, se não fosse a intervenção desonesta de seu sogro Labão, Jacó sabia que José seria de fato seu PRIMOGÊNITO!

Mas, o Senhor restituiu a José o seu direito à Primogenitura, alegrando assim o coração de seu pai, Jacó/Israel. E como ele fez isso?

Antigamente, era comum, no leito de morte, o pai abençoar os seus filhos, começando pelo Primogênito (essa bênção em geral seria do primeiro filho nascido. Embora muitas vezes, o Senhor “quebrou a tradição”. Vide: Ismael e Isaque; Esaú e Jacó…). Nesse caso, José (através dos seus 2 filhos) foi o PRIMEIRO filho a receber as bênçãos do seu pai!

Sabemos que entre os 12 irmãos, José foi colocado como o Primogênito. Mas, os dois filhos dele é que receberam a bênção.

Jacó, ao abençoar José, adota seus 2 netos como se fossem seus próprios filhos. Tudo isso inspirado por Deus, que tinha um plano tremendo para colocar em prática. Como se não bastasse, Jacó coloca os dois filhos de José em posição destacada entre os demais. Ou seja, sobre Rúben e Simeão, que são os 2 primeiros filhos! Veja o texto bíblico:

“Agora, pois, os teus dois filhos, que te nasceram na terra do Egito, antes que eu viesse a ti no Egito, são meus: Efraim e Manassés serão meus, como Rúben e Simeão;” (Gênesis 48:5)

Por isso, quando você observar um Mapa de Israel, perceberá que existem as Tribos de Manassés e Efraim, mesmo eles não sendo filhos de fato de Jacó.

Um texto bíblico importantíssimo para compreender o que ocorreu está aqui, quando Jacó vai abençoar os filhos de José, Manassés e Efraim, e, propositalmente INVERTE AS MÃOS, abençoando o menor, isto é, EFRAIM, com a bênção do PRIMOGÊNITO! Porque será que Deus queria que fosse assim?

Leia com atenção Gênesis 48:13-20:

“E tomou José a ambos, a Efraim na sua mão direita, à esquerda de Israel, e Manassés na sua mão esquerda, à direita de Israel, e fê-los chegar a ele. Mas Israel estendeu a sua mão direita e a pôs sobre a cabeça de Efraim, que era o menor, e a sua esquerda sobre a cabeça de Manassés, dirigindo as suas mãos propositadamente, não obstante Manassés ser o primogênito. E abençoou a José, e disse: O Deus, em cuja presença andaram os meus pais Abraão e Isaque, o Deus que me sustentou, desde que eu nasci até este dia; O anjo que me livrou de todo o mal, abençoe estes rapazes, e SEJA CHAMANDO NELES O MEU NOME, e o nome de meus pais Abraão e Isaque, e MULTIPLIQUEM-SE como peixes, em multidão, no meio da terra. Vendo, pois, José que seu pai punha a sua mão direita sobre a cabeça de Efraim, foi mau aos seus olhos; e tomou a mão de seu pai, para a transpor de sobre a cabeça de Efraim à cabeça de Manassés. E José disse a seu pai: Não assim, meu pai, porque este é o primogênito; põe a tua mão direita sobre a sua cabeça. Mas seu pai recusou, e disse: EU O SEI, meu filho, eu o sei; também ele será UM povo, e também ele será grande; contudo o SEU IRMÃO MENOR será MAIOR que ele, e a sua descendência será UMA MULTIDÃO DE NAÇÕES. Assim os abençoou naquele dia, dizendo: Em ti abençoará Israel, dizendo: Deus te faça como a Efraim e como a Manassés. E pôs a EFRAIM DIANTE DE MANASSÉS.”

Assim, EFRAIM passa a assumir o NOME de ISRAEL… Por isso, caro leitor, mais tarde, quando as 12 tribos se dividem em 2 Reinos (Norte e Sul), as 10 tribos do Norte passaram a ostentar o nome de Casa de ISRAEL, pois EFRAIM era cabeça das 10 tribos. Além de tudo isso, não perca de vista o seguinte: a promessa sobre EFRAIM não era de se tornar apenas 1 Tribo em Israel, mas uma MULTIDÃO DE NAÇÕES!

A profecia de Ezequiel 37:16-19 (que se inicia falando sobre o vale de ossos secos) é muito significativa para os últimos tempos na medida que aproxima o retorno do Messias de Israel.

Vimos que o Profeta une duas varas em uma só. Mas quem são essas vara unidas que caminharão assim no tempo do fim. De um lado temos Judá (Judá e Beijamim) e de outro Efraim (10 tribos).

Jesus, caro leitor, na sua primeira vinda nos disse que veio senão para as ovelhas perdidas da Casa da Israel. Ao analisar esta afirmação podemos constatar que o Messias veio resgatar as 10 tribos que estavam espalhadas no planeta… Ou seja, uma multidão de nações.

O que nós vamos entender com este estudo é que existem milhares de israelitas da tribo de Efraim espalhadas em todas as partes do mundo (são como a areia do mar). Não deixe de ver os vídeos abaixo para compreender exatamente qual é o tremendo plano de Deus para as Duas Casas.

A NOVA ALIANÇA SERÁ FEITA COM AS DUAS CASAS – “Eis que dias vêm, diz o Senhor, em que farei uma aliança nova com a casa de Israel e com a casa de Judá. Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; porque eles invalidaram a minha aliança apesar de eu os haver desposado, diz o Senhor. Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.” (Jeremias 31:31-33)

A compreensão das Duas Casas de Israel é fundamental para você compreender as profecias de Daniel, Apocalipse, e saber onde foi parar o Israel como plano do Criador.

Os dois vídeos abaixam explicam perfeitamente que Efraim e Judá são essas duas casas. Vieram da promessa do Criador a Abraão que seus descendentes seriam como as estrelas do céu e como do pó da terra.

Ao entender as duas casas você compreenderá que os gentios são Efraim (Casa de Israel) e a Casa de Judá (Judá e Benjamim) e unificadas pelo sacrifício perfeito de Jesus.

Jesus disse: “Eu vim senão para as ovelhas perdidas da casa de Israel“. Em razão da reunião das duas casas todos os que aceitam a nova aliança são Israelitas em razão do pacto renovado por meio do Nosso Salvador,  feito com Seu sangue.

Assista os vídeos do irmão Luíz Shimoyama abaixo e seja edificado com este estudo:

Sugiro que você veja todos os videos do Luiz sobre as Duas Casas de Israel.

Quem tem ouvidos para ouvir, OUÇA!

 

2 Comments

  1. rogerio dias costa

    Shalom, Estudo ha Quase 17 Anos Sobre A Restauração de Yi’srael (Yahshurum) E Tem Milhoes De Detalhes Que Quase Na Totalidade Daqueles Que Aprendem Sobre Este Tema (Efraym Judáh) Ainda Não Atentaram. Más Fiquei Muito Feliz Em Saber Que Muitos Estão Aprendendo!

  2. Marcos Rogério Ferreira dos Santos

    Obtive revelação das duas casas de Israel através do canal do Luiz, foi muito revelador para mim, acabei me interessando mais por pesquisar nas escrituras e tem me aberto muito entendimento. Esse tipo de assunto não veremos em uma igreja pois praticamente vai contra oque é pregado lá. Muito bom sua explanação no assunto, que o CRIADOR nos ajude na busca de suas verdades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *