Arrependa-se e volte de onde CAIU!

O blog Evangelho Perdido está em TRANSIÇÃO!

Querido leitor! A partir deste artigo, vamos entrar em uma série de estudos que nos conduzirão a uma PROFUNDA RESTAURAÇÃO em relação as bases de nossa fé.. Quer caminhar nesse novo tempo comigo?

O intuito do meu coração é contribuir, com todo zelo e amor pela Verdade, na condução da Igreja de Cristo rumo ao padrão estabelecido pelos apóstolos no primeiro século. Padrão este recebido direto do Messias.

Vamos meditar juntos em questões tipo: Como a Igreja de Cristo do primeiro século funcionava em sua origem? Você já se perguntou isso? Como os discípulos estudavam as Escrituras (não havia o Novo Testamento)? Como oravam? Como se dirigiam ao Pai? Como se relacionavam entre eles e com a comunidade dos não-judeus? A doutrina que os apóstolos ensinavam com tanto amor, a ponto de morrer para não serem calados, era a MESMA que recebemos dos Pais da Igreja (de Roma) depois dos diversos Concílios?

Eu não sei você, caro leitor, mas eu estou muito, muito, muito interessada em saber como a coisa funcionava. E sabe por quê? Porque ao colocar uma lupa no início da igreja do primeiro século, vamos descobrir onde foi exatamente que tudo mudou, onde foi exatamente o INÍCIO do apagar das luzes, o início da perda do PODER da Igreja de Cristo.. Vamos descobrir onde se deu a queda, compreende?… E, depois que descobrirmos de fato o que aconteceu, precisamos voltar a ESTE LUGAR. Porque neste lugar está nossa RESTAURAÇÃO mais importante nesse tempo!.. Neste lugar está o RECOMEÇO que tanto precisamos, caro leitor. Neste lugar, tudo fará sentido!

Como eu ainda estou mergulhada nestes estudos, pode levar um tempinho para eu iniciar as postagens, mas quero lhe pedir para continuar firme, aguardando. Peço que você, caro leitor, enquanto me espera, ore para que Deus nos ajude a não ficarmos pelo meio do caminho. Nem eu, nem você. Peça a Ele para que Ele COMPLETE a restauração que já começou em nós, tá bem? Faça isso, se puder!

Tem algo muito errado com a Igreja atual e você, neste blog, vislumbrou amplamente o tamanho do problema. Mas a pergunta que eu tenho me feito no momento e quero que você também comece a meditar nisso é: Identificamos claramente no que a igreja se tornou. Mas como voltar ao que ela era antes do SEU DESVIO, antes de sua QUEDA?

Pois é justamente isso que eu estou me preparando nesse tempo para tratarmos em profundidade neste blog a partir deste artigo, meu amado leitor. Com este artigo quero apenas informar a você que o melhor do nosso Pai Eterno ainda está por vir. Coisas tremendas eu tenho meditado e quero, como sempre, compartilhar com você.

Olha pra mim… Nós devemos isso aos milhões de homens e mulheres que morreram por amor ao poderoso legado que receberam do nosso Messias amado, Jesus. Milhões morreram sem titubear, apenas para não ABRIR MÃO desse legado. Precisamos voltar a ter esse fogo que eles tinham no coração, entende? O que os moviam é o que também deve nos mover. Nada menos do que isso. E só não nos MOVE porque o que cremos ainda está DESCONECTADO com os fatos, com a VERDADE plena manifesta nas Escrituras.

Nunca foi e nunca será minha intenção, com os estudos deste blog, JOGAR fora, DESCONSIDERAR toda a história do Cristianismo até aqui. NÃO! Definitivamente não. O Pai atuou poderosamente até aqui. Tudo que se desviou e tudo que já foi reformado, foi permissão e obra unicamente Dele.

Nunca foi e nunca será minha intenção DESCONSIDERAR o sacrifício de muitos homens e mulheres, das diversas denominações deste planeta, que mudaram histórias, transformaram vidas (inclusive a minha) e continuam atuando poderosamente no meio das nações inspirados e direcionados pelo Pai.

Mas, Cris, como Deus vai usar poderosamente alguém ensinando tantas coisas contrárias a Palavra Dele?… Escute isso… olhando bem pra mim… A restauração não está ocorrendo em denominações, mas dentro de corações. E, dentro dessas igrejas que você tem tanto asco, ainda estão milhões de pessoas que ainda não foram alcançados com a restauração, mas no tempo e no jeito do Pai, serão. Tome muito cuidado contra quem você está direcionando o seu ASCO, amigo leitor.

Enquanto você está aí se achando o CARA porque pensa que, ao sair de sua denominação, está melhor do que os que estão lá ainda, pare agora mesmo de pensar assim. Dentro dessas denominações o Pai continua atuando, falando, alcançando seus filhos para selá-los com o Espírito do seu Filho.

Nunca entenda meus artigos como se um MEGAFONE estivesse, nas maiores alturas, declarando: LIXO, LIXO, FUJA DESSE LIXO TODO DO QUE HOJE SE CHAMA IGREJA… Se você interpretou aí em seu coração isso, pode saber que você confundiu tudo o que eu disse e não captou a essência.

E qual é a essência do que sempre foi dito neste blog?

“Todos os que tiverem ouvidos para ouvir irão ouvir, de dentro das diversas denominações e fora dela! Pois toda a RESTAURAÇÃO determinada para os santos do tempo do fim os alcançarão, onde eles estiverem! E nada vai impedir isso de acontecer.”

Nunca entenda os meus artigos como se eu estivesse CONTRA a história do Cristianismo até aqui, caro leitor, até porque, se você não se deu conta disso ainda, a história do Cristianismo É a SUA e a MINHA história também! É de onde viemos.. Foi o que nos formou, nos instruiu, nos resgatou das trevas para a maravilhosa luz do Messias.

Agora mesmo tem um monte de “pretensos reformadores” perdidos, batendo cabeça, agoniados, porque se sentem sozinhos, sem rumo, desde que se afastaram completamente de suas denominações. E isso aconteceu porque sairam de suas igrejas locais abruptamente, sem nem orar sobre a questão, só porque as mesmas ensinam tantas coisas erradas. Mas esqueceram que foram alcançados do mundo em trevas um dia, por pessoas dentro dessas igrejas, mesmo elas se alimentando com enganos, porque o Pai usa pessoas e não denominações. E PESSOAS DELE ESTÃO AINDA DENTRO DESTES LUGARES. Homens e mulheres comprometidos com a Palavra, com a oração, com a adoração.. E estes serão alcançados e livres de TODO ENGANO pelo Pai quando chegar a hora deles.

Mas, o fato da história do Cristianismo ter sido até aqui cheia de elementos construtivos e abençoadores, deixando claro que o Pai estava diretamente atuando para tudo desembocar na RESTAURAÇÃO definitiva que está por vir, não ANULA o fato da IGREJA ATUAL está repleta de doutrinas, pensamentos e atitudes que NÃO estão de acordo com a Palavra e os princípios do Pai. Isso é um FATO HISTÓRICO e neste blog vimos isso em abundância.

E são justamente estes PONTOS DE DESVIO que a igreja tomou em relação ao seu padrão do primeiro século que vamos estudar nos próximos artigos. Mas não do jeito que foi até aqui, amigo leitor. Nós vamos colocar uma poderosa LUPA na igreja do primeiro século e em tudo que ela SE BASEAVA. Somos gratos aos pontos positivos na história do Cristianismo até aqui, mas os pontos negativos PRECISAM ser conhecidos e eliminados de nosso coração. Definitivamente!

Escute isso….. a Igreja está em CRISE e essa crise é uma crise MUNDIAL. Toda a grande contribuição do Cristianismo até aqui foi benção, mas NÃO nos preparou para os problemas vividos pela igreja hoje. A Igreja está na UTI, literalmente.

Para que uma RESTAURAÇÃO vinda do Pai possa acontecer, caro leitor, nós precisamos ser gratos pelo que recebemos até aqui, gratos por, mesmo dentro do caos doutrinário, fomos alcançados, fomos selados pelo Espírito de Cristo.. Mas….. devemos VOLTAR, o quanto antes, para os pontos onde nos desviamos como Igreja. E não estou me referindo a restauração de denominações. Mas estou falando da RESTAURAÇÃO DA IGREJA DE CRISTO.

Então se pergunte e foque nisso: Onde e como a igreja se desviou? Eu e você precisamos ter CERTEZA onde nossa fé está baseada. Se não for na VERDADE, ela está fora do prumo. Precisamos ter certeza que estamos no CAMINHO E NA DIREÇÃO CORRETA e o Espírito de Cristo guiará, todos os que tiverem ouvidos para ouvir, a TODA VERDADE.

Tudo que você aprendeu até aqui precisa ser colocado diante do CRIVO das Escrituras e da forma correta como ela era e é interpretada. A última palavra do que você crer não pode está paltada no que afirmam as denominações, os rabinos, os pais da igreja romana, grupos de nenhum tipo, nem nos dogmas criados por eles. Entendeu bem isso?

Tanto o judaísmo atual quanto o cristianismo estão muito distantes dos padrões do nosso Pai Eterno e de seu Filho. Uma restauração é necessária. E o Pai já começou essa restauração. E todos os que tiverem ouvidos para ouvir sobre essa restauração, ouvirão e se transformarão para atravessar o tempo do fim.

Olha pra mim.. O que significa RESTAURAR a igreja atual aos moldes da igreja do 1º século? O que significa RESTAURAR A FÉ DOS APÓSTOLOS? O foco que estou propondo para este novo tempo do blog Evangelho Perdido não será e nunca foi RESTAURAR A RELIGIÃO CRISTÃ OU RESTAURAR DENOMINAÇÕES.

E por que não é essa restauração que estou falando e nunca falei aqui? Porque isso é muito dificil. E sabe por quê? Porque no momento que os desvios doutrinários ocorreram NÃO EXISTIA AINDA O CRISTIANISMO, amigo leitor. Existia no primeiro século os judeus que creram em Jesus e na palavra dos seus discípulos, chamados nazarenos ou os “do caminho”. E também existiam os cristãos. E o que significa “cristianos” em grego? Os do partido de Cristo. E também havia no primeiro séculos os gregos que também se tornaram “cristianos”. Mas não existia uma religião criada. Jesus, nem Paulo, nem os discípulos nunca criaram uma religião chamada Cristianismo.

O que estou querendo dizer com essa história TODA de restauração? Presta bem atenção. No momento que essa LINHA DIVISÓRIA foi traçada, criando-se o Cristianismo como religião, como instituição, foi deixado de fora a NOSSA RAÍZ. Criaram, desenharam a linha de separação de quem seria cristão e de quem seria herege e, o povo de Israel, os judeus, MESSIÂNICOS e NÃO MESSIÂNICOS e a doutrina dos apóstolos e toda a tradição bíblica passada por eles, relacionadas a Israel, FOI DEIXADA COMPLETAMENTE DE FORA desse círculo que foi criado.

Isso ocorreu no ano 90d.C e foi culminado no ano 347d.C. Nesse período houve uma GRANDE SEPARAÇÃO e GRANDE DESVIO da Igreja de Cristo em relação as suas raízes. Vamos ver isso com detalhes em artigos mais pra frente.

Então, amado leitor, RESTAURAR A IGREJA, antes de mais nada é sabermos como a Igreja vivia no primeiro século. Segundo, é sabermos ONDE e COMO restaurar. Onde a Igreja se desviou? Quando? Qual foi a Teologia que originou este desvio?

E por que saber essas coisas é muito importante? Porque quando você fala com alguma pessoa a respeito da fé você tem que saber ONDE tudo teve origem, compreende? Onde aquele pensamento teve origem.

Os primeiros cristãos tinham um relacionamento com Israel. Paulo fala em Efésios 2 que eles foram trazidos para perto da realidade nacional de Israel. No grego a palavra “realidade nacional” é muito forte. Identidade nacional. Ou seja, o cristão foi trazido para DENTRO. Paulo fala em Romanos 11 que aquele que não era judeu e se convertia a Cristo ele foi ENXERTADO NA OLIVEIRA, caro leitor, que é ISRAEL. E não é o Israel crente, não. Mas os descendentes físicos de Abraão.

O grego que entregava a vida a Jesus era ENXERTADO no povo de Israel. Era assim que os apóstolos pregavam o evangelho no passado, amigo leitor. Nenhum deles no primeiro século chegava nas praças das cidades, ligava uma caixinha de som e gritava: “Aceitem Jesus para que vocês não pereçam no inferno.”

O grego não sabia quem era Jesus, não sabia o que era esse tal de inferno, o grego não tinha noção dessa mensagem. Como os apóstolos pregavam o evangelho? ELES COMEÇAM DO INÍCIO. “Deus escolheu um homem chamado Abraão e deste homem criou um povo. E a missão deste povo era ser benção para as famílias da terra e luz para as nações desse planeta. Deste povo descende o Cristo (O Messias), o qual vos dá, pela graça, remissão dos vossos pecados e uma nova vida enxertados nesse povo que Deus criou para Seu Louvor e Glória.

Vamos lá, analise os discursos de Pedro e Paulo. Não estou inventando, não. Reveja com atenção esses discursos. Todos, todos, todos eles começam com a história de Israel. Você acha que é assim por quê? No primeiro século, caro leitor, era impossível evangelizar alguém que não fosse judeu sem começar falando da história de Israel. Sabe por quê? PORQUE A HISTÓRIA DE CRISTO É A HISTÓRIA DE ISRAEL.

E quando você se converte, você passa a fazer parte da história desse povo. Quando você se converte a história de Abraão passa a ser a SUA HISTÓRIA e isso nos foi tirado a partir do ano 90d.C. O exemplo que Abraão deu de fé passa a ser um exemplo não só para o judeu mas pra você.

A história do Rei Davi, e os seus Salmos, passam a servir para o seu deleite. A história de Israel no Egito e o êxodo passa a ser também a sua história. A Bíblia que Deus deu para o povo de Israel passa a ser a sua Bíblia. O DEUS DE ISRAEL passa a ser o seu Deus. Compreende isso?

Mas como tudo que era relacionado a Israel foi politivamente extirpado, retirado do âmbito teológico da Igreja essa mensagem que tava na cabeça do grego, fazendo com que ele entendesse claramente onde ele estava sendo inserido, isso foi COMPLETAMENTE TIRADO.

Então, desde o século 4d.C têm sido pregado um evangelho INCOMPLETO e os maiores teólogos da atualidade afirmam a mesma coisa. Olha pra mim.. A Igreja não tem vivido na PLENITUDE DO EVANGELHO, mesmo eu afirmando que esse evangelho, ainda assim, é benção, pois nos alcançou do reino das trevas e continua salvando milhares. Mas não está ainda na PLENITUDE planejada pelo Pai para sua Igreja. Roma conduziu tudo para que a igreja, em seu coração, REJEITASSE SER ENXERTADA a Israel.. E teve pleno êxito nisso!

A mesma comparação que Paulo faz eu vou fazer contigo agora. Paulo fala com os Romanos no capítulo 11: “Calma lá.. se o judeu lá nos dias de Jesus rejeitou a mensagem da fé (parte deles, pelo menos) e eles rejeitando o evangelho a Palavra de Deus pôde ser levada aos confins da terra, ou seja, ocasionou em bençãos para milhões, imagine no dia que boa parte dos judeus aceitarem a Palavra do Pai e do Messias. O que você acha que vai acontecer no mundo? E Paulo afirma.. Vida entre os mortos.

Isso vai desencadear na igreja, amigo leitor, uma série de bençãos sem medida e sem precedentes na história. O que significa vida entre os mortos? Pode ser muita coisa.. Pode ser o retorno de Jesus..Pode ser um GRANDE reavivamento a nível mundial que a Igreja irá experimentar junto com Israel.. Não sabemos. Mas VIDA ENTRE OS MORTOS é algo poderoso, esteja certo.

Pensa comigo.. Será que é preciso RESTAURAR alguma coisa? Será que a fé de Paulo, Pedro, Tiago foi preservada até os dias de hoje? O que você acha que se desviou?

Vem cá.. chega mais perto.. Preste bastante atenção.. Houveram três grandes FALHAS que o cristianismo como religião teve na sua formação histórica, segundo a visão de um respeitado rabino messiânico chamado Matheus Zandona. E eu comungo com ele em grau, gênero e número quanto a estas falhas:

1) Mudança da autoridade apostólica: de Jerusalém para Roma.

E a mudança que esse primeiro tópico está se referindo NÃO é uma mudança geográfica, não. É uma mudança espiritual. A autoridade da Igreja saiu das mãos dos JUDEUS CRENTES e foi transferida à força para as mãos de pessoas que não faziam a mínima ideia do que realmente representava isso tudo. Por exemplo, foi dada autoridade ao Imperador Constantino para presidir um concílio onde se definiria as bases teológicas do Cristianismo que até hoje regem a Igreja. E Constantino era um pagão, um adúltero, que participava de orgias homéricas em Roma. Ele participava uma hora dos concílios da igreja com os bispos para logo em seguida ir se afundar em prosmicuidade sexual no templo de Diana. Tem ideia das implicações disso?

Você fica tranquilo em aceitar como autoridade divina para sua vida decretos que surgiram em concílios neste contexto? Tô falando que tudo que foi decretado foi ruim? Não. Coisas boas também surgiram de lá. Mas as coisas ruins são delicadas demais para ignorármos, entende?

Os concílios foram anulando aos poucos a autoridade dos judeus cristãos até extirpá-la definitivamente. Os judeus crentes que atuavam em Jerusalém eram dinâmicos. Eles enviavam apóstolos para ajudar comunidades, enviavam cartas admoestando teologicamente estas comunidades. Os não-judeus que se convertiam eram discipulados na Verdade, bebiam da fonte.

Escute isso.. Converter-se a Cristo significa ser enxertado na Comunidade de Israel e isso não nos alcançou. Nunca ignore o contexto.. Nunca mais ignore que é preciso mergulhar em nossa raíz para entendermos o presente e o futuro da Igreja. Temos que entender em nosso coração o que realmente significa ser ENXERTADO a nação do Deus de Abrão, Isaque e Jacó. As bençãos de Israel são seiva para as demais nações. Se isso é perdido de vista, o desvio é inevitável.

Nós somos ramos e a raíz é ISRAEL.. Os ramos sugam a seiva da raíz. A sua e a minha identidade está não só nos galhos.. mas na RAÍZ. A seiva da raíz determina quem você é. Isso significa que você precisa converter-se ao Judaísmo, caro leitor? NÃOOO. Muita coisa que o judaísmo atual está envolvido passa muito longe do Deus de Israel. A restauração que o Pai está fazendo é em todos os âmbitos e nada a deterá, mas ocorrerá em corações sedentos, não em religiões!

O Cristianismo assumiu uma identidade INCOMPLETA, porque é uma identidade independente do povo judeu e isto está completamente errado. Leia Efésios capítulo 2, leia Romanos 9, 10 e 11. Temos que saber como eles agiam, oravam, ensinavam, se relacionavam. Temos que retomar do ponto que nos afastamos. Urgente!!

Grande parte do Cristianismo, mesmo a ala Protestante, ainda está ligada pelo cordão umbilical à Roma. Você acha que você foi liberto de Roma pela influência de Calvino, Lutero e os pais da igreja protestante. Mas, olha pra mim.. Nâo foi!! Você está completamente ligado à mãe do Vaticano. SABE POR QUÊ?.. Porque a maneira que você estuda a Bíblia, a maneira como você enxerga a Bíblia, porque a sua teologia nao é uma teologia em conformidade com a teologia dos apóstolos, mas sim uma teologia em conformidade com os padres do Vaticano.

É fácil provar isso. Vou te fazer algumas poucas perguntas e você constatará que está mais ligado ao Vaticano do que pensava. Vamos lá. Você crer no Deus de Israel, não é? Então responda as perguntas abaixo:

a) Que festas você celebra? De Israel ou de Roma?
b) Qual o dia que você guarda? O guardado por Israel ou de Roma?
c) Em que consiste a sua teologia? as ensinadas pelos apóstolos ou as que foram determinada nos concílios romanos?
d) Qual a sua posição em relação a Israel? O enxerga como a raíz ao qual você foi enxertado ou aqueles que perderam a benção por que desobedeceram a Deus e mataram a Jesus?

Todas as suas respostas vão provar que você está mais ligado ao Vaticano do que pensa e não a Israel. Entende isso? Compreende o tamanho do problema? Você está enxertado em Israel ou enxertado no Vaticano?

É como se a influência de Roma tivesse colocado óculos na cristandade e a mesma enxerga toda a teologia com estes óculos de Roma. Você olha hoje para as Escrituras, tá vendo o texto ali na sua frente, mas você a enxerga, e a interpreta como eles queriam que você entendesse.

Esse blog inteiro se propôs a conduzir pessoas a PARAR e questionar tudo isso! Mas agora estou convidando você a CAVAR muito mais FUNDO! Será que era assim que a Palavra era interpretada lá atrás? Como pensavam os primeiros crentes lá na Galácia, em Bereia. Lembra dos bereanos (eles não eram judeus, não. Mas estudavam em profundidade a Bíblia dos judeus)? Como será que eles analisavam a Palavra? Qual era a Bíblia que eles estudavam, caro leitor? Eles meditavam na Torah, nos profetas, salmos e demais escritos. Os povos de outras nações que se convertiam queriam mergulhar na cultura, na língua, nas Escrituras, pois eles compreenderam, pela instrução dos apóstolos, que haviam sido enxertados e que agora todas as bençãos e promessas dadas a Israel agora também eram deles.

E hoje os seminários teológicos insistem em afirmar que agora o foco precisa ser o Novo Testamento, pois o Antigo caducou, sendo que o Novo não passa de LUZ para entendermos e confirmamos o que está escrito no Antigo.

Olha pra mim.. O que será que a Palavra vai nos dizer quando tirarmos completamente as lentes de ROMA?? Se faça essa pergunta e queira tirar essas lentes, em nome do nosso Poderoso Messias Jesus.

Os apóstolos se reuniram em Jerusalém e fizeram uma transculturalização do judaísmo para alcançar de forma correta, e da maneira que Deus determinou, os povos das outras nações. A fé era judaica, o Messias veio de Israel, o Deus era de Israel, mas eles tiveram que saber como transmitir isso para as nações, de modo que não matassem a cultura deles, que não extirpassem a identidade deles.. Então eles transculturalizaram a mensagem, ou seja, eles fizeram o mínimo de judaísmo possível para que os não judeus pudessem entender e vivenciar tudo o que Deus tinha para os povos entenderem e vivenciarem. Atos 15 é um exemplo disso que estou falando.

Exemplo disso também refere-se as festas de Israel. Paulo exorta os cristãos várias vezes em relação a isso. Aos colocessences vemos isso, pois eles eram gregos e estavam querendo celebrar as festas com os judeus e os outros gregos que não eram cristãos estavam criticando esses gregos. E Paulo exorta-os dizendo que era para esses gregos cristãos não deixarem que ninguém os julgasse quanto a você celebrar as festas, os sábados, lua nova, etc. Porque isso tudo é sombra daquilo que estava por vir e Cristo é o CORPO. E hoje é interpretado pela maioria dos teólogos de nosso tempo que Paulo estava falando justamente o contrário do que falou. Que estava dizendo que essas coisas eram sombras então não é preciso mais guardar, celebrar. Mas onde está escrito que essas tais sombras que Paulo mencionou estão ANULADAS?

Olha pra mim.. Quando Paulo fala que essas coisas eram SOMBRA mas o corpo era de Cristo, pensa comigo. O que é a SOMBRA? Incida uma luz sobre você e olhe para o chão. Você verá a sua sombra. A sombra não reflete a sua IMAGEM, ao seu corpo? E Paulo diz que quem está fazendo a sombra? Cristo. Aí você anula, destrói a sombra de Cristo? Você está interpretando sombra como algo que passou, que é anulável, que é ruim, mas sombra no contexto deste texto, amigo leitor, está mostrando a imagem de Cristo. Ou seja, nos sábados, nas festas, nas leis alimentares, NÓS VEMOS A CRISTO.. essas coisas mostram a imagem de Cristo, as pessoas mostram Cristo nelas ao celebrar, cumprir, proclamando com isso tudo que ESTÃO NO CRISTO.

Mas quem que celebrava as festas, sábados, lua nova? Quem? Os gregos? Isso faz parte da cultura judaica que os gregos cristãos estavam celebrando e querendo celebrar, mas os gregos não-cristãos criticavam. Então Paulo falou claramente para eles não deixarem ninguém julgá-los, porque essas coisas eram sombras das coisas que haveriam de vir e que Cristo é o CORPO.

E o professor Zandona continua. Vamos agora a segunda e terceira falhas:

2) REJEIÇÃO e EXPULSÃO dos Judeus, da CULTURA e dos PRINCÍPIOS JUDAICOS presentes no contexto da IGREJA do primeiro século.

A igreja do primeiro século,  foi uma igreja plenamente ENXERTADA em Israel. Eles foram instruídos pelos líderes judeus a fazerem isso. Era uma igreja que bebia da seiva, era uma igreja que celebrava as festas com Israel.

“Celebremos pois as festas, não com o fermento da maldade e da malícia, mas com os asmos da sinceridade e da bondade.” (I Coríntios 5.8).. Olha o linguajar que Paulo usou aqui. É claro que as pessoas que estavam lendo essa carta sabiam a que festa (Páscoa) Paulo estava se mirando para exortá-los.

Qual então foi o resultado dessa desconexão da Igreja de suas raízes originais? Isso fez com que a FÉ e o ENTENDIMENTO do Evangelho se tornassem INCOMPLETOS. Simples assim!

3) Institucionalização da FÉ dos Apóstolos, em uma linha divisória repleta de DOGMAS e PRINCÍPIOS criados por motivações políticas e interesses econômicos.

Você precisa conhecer a história do Cristianismo de fato. Não fique só com o que te ensinaram nas EBDs, que na verdade foi NADA. Conheça sua origem. Se você acha que a sua ORIGEM não está em Israel e em seus profetas, mas tudo começou apenas a partir dos APÓSTOLOS, então sugiro que você verdadeiramente ESTUDE o que eles ensinaram. Se você crer que sua origem está lá nos concílios romanos, estude A FUNDO estes concílios, amigo leitor. Tudo isto está amplamente registrado. Leia as atas desses encontros. Se não quiser ler todas as atas, atreva-se a ler somente a ata do Concílio de Niceia. Faça isso.

Estude também, a fundo, a história dos papas que governavam a igreja, pois é de lá que a teologia que você está mergulhado é proveniente. Faça esse favor a você. ESTUDE SUA ORIGEM CRISTÁ!

Portanto, se a gente reconhecer e identificar os erros e os momentos onde o Cristianismo se desviou, TEMOS O DEVER DE VOLTAR E RESTAURAR as bases de nossa fé.

O Pai está conduzindo os seus para uma RESTAURAÇÃO que culminará em uma poderosa atuação da Igreja no tempo do fim! Aqueles que tem ouvidos para ouvir, CAVARÃO MAIS FUNDO.. Subirão mais alguns degraus na RESTAURAÇÃO que Ele começou no coração dos seus Filhos. Você quer participar disso que Ele está fazendo?… Então continue voltando a este BLOG e acompanhe os artigos que serão postados daqui para frente e estude o seu conteúdo com muito carinho e seriedade.

QUEM TEM OUVIDOS PARA OUVIR, OUÇA!

6 Comments

  1. Paulo

    Muito Jóia minha irmã, estarei acompanhando seus próximos artigos.

  2. Muito interessante mesmo! Continue com o bom trabalho!

    Adorei vou recomendar pra todos que conheço um artigo
    igual a esse vale ouro. 🙂

  3. Miguel Resplande

    Tinha me perguntado isso esses dias.. Onde foi que erramos ? Onde a igreja se desviou ? Onde foi parar o legado deixado pelo nosso Messias ?
    E a resposta está no começo, na nossa origem.. E precisamos voltar a ela, urgentemente!
    Estamos juntos, Cris! E o Eterno nos conduzirá à esse regresso, tão preciso e importante neste tempo de restauração.

  4. Ailton

    Oi! Tenho acompanhado já a tempos seu blog e tenho me despertado para a verdade junto com minha família e ministério!!! Seria muito bom se vc fizesse um estudo sobre o Nome do Messias e do Criador. Só uma sugestão!! Pois hoje não tenho dúvida que o nome Jesus é pagão!! Seria MT bom vc estudar e trazer sua visão sobre isso!!! Estou no aguardo nas novas postagens…

  5. Adnilson Gomes Coutinho

    Muito boa sua decisão!!
    Estou orando para que o CRIADOR te dê às revelações do ESPÍRITO SANTO para que alcance os desígnios a fim de nos proporcionar à porção dobrado…Ele nos capacitou para sermos ministros de uma nova aliança, não da letra, mas do Espírito; pois a letra mata, mas o Espírito vivifica.
    2 Coríntios 3:6

  6. natalia

    Amém. Deus nos abençoe e nos guie na caminhada , ❤

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *