5 Comments

  1. Antonio Jose

    A estrada da vida cristã foi muito difícil para os apóstolos, para os discípulos do Senhor, para o próprio Jesus; e hoje é muito difícil para os cristãos perseguidos pelo mundo afora. Todos tiveram necessidades, todos passaram por aflições, todos foram perseguidos. Não é e nunca será diferente para conosco. Não são poucos os avisos na Palavra de Deus: “Esforça-te e tem bom ânimo”, “se a mim me perseguiram, também perseguirão a vós”.

    Olhe para as credencias de João o Batista; era filho do sacerdote Zacarias e Isabel, prima de Maria. É considerado, como o “precursor” do Messias.

    O que Jesus disse de João? “Digo-lhes a verdade: Entre os nascidos de mulher não surgiu ninguém maior do que João Batista;…”. — Mateus 11:11.

    Entretanto, João o Batista teve uma vida simples; foi mantido preso por dez meses até ao dia de sua morte por decapitação; Antes, ainda na prisão, João mandou chamar dois dos seus discípulos para que perguntem a Jesus: “És tu aquele que estava para vir ou havemos de esperar outro?” — Lucas 7:19.

    A pergunta de João pode indicar que ele esperava que Jesus o livrasse do sofrimento e que não deveria continuar preso; afinal tinha boas credenciais. Mas Jesus deixou claro que João não deveria esperar mais milagres do que os que Ele já estava realizando. E assim tem sido a postura de muitos cristãos devido a suas credenciais; não aceitam que passarão por sofrimentos.

  2. Quero maiores esclarecimentos como fazer parte
    desta comunidade.

  3. francisco

    concordo totalmente que muitos que estão saindo destas religião, estão caindo em armadilhas.eu quase fui uma vitima,
    foi difícil limpar dos toxinas de anos em congregações ,depois surgiram falsos entendedores do hebraico , e agora a onda
    de estocagem de alimentos ,bunkers , realmente sem fé é impossível agradar ao eterno. isto é um teste pra sua noiva, quem tem o azeite vai ser chamada a meia noite , consideradas prudentes

  4. aleluia

  5. O tempo verdadeiramente esta se aproximendo. QUE DEUS a ABENCOE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *